Select Menu

Slider

Desde o início até então. O que mudou? (Foto: Reprodução / Youtube)
Madden NFL é uma série de jogos eletrônicos de futebol americano desenvolvida pela Electronic Arts para a EA Sports. Seu nome é uma homenagem ao conhecido John Madden, antigo jogador e técnico vencedor do Super Bowl.

Desde o primeiro game até hoje muita coisa mudou. Madden NFL 15, o último lançamento da franquia, leva o futebol americano virtual a um nível de realismo quase impecável. O visual, a ambientação e, principalmente, a jogabilidade fazem do game um simulador quase perfeito.

Um fã da franquia resolveu mostrar a evolução que o game teve com o passar desses anos em um vídeo de apenas dois minutos. O vídeo usa a campanha que o San Francisco 49ers fez contra o Green Bay Packers na final da NFC em 1998 como base para mostrar as mudanças do jogo. Pat Summerall é o dono da narração, acompanhado do próprio John Madden como comentarista.

Confira:

Foda, né?
- - -
Pista de atletismo foi construída no topo do edifício de quatro andares (Foto: China Daily/Reuters)
A escola pública de Tiantai, na província de Zheijiang, na China, inaugurou nesta segunda-feira (1º) uma pista de atletismo construída no prédio da instituição. Os alunos do ensino fundamental já estrearam a pista de 200 metros de extensão dando voltas correndo.

Como o edifício de quatro andares não tinha espaço para prática de atividades físicas, o jeito encontrado foi construir a pista de atletismo no telhado da escola. 

Alunos da escola estrearam a pista nesta segunda-feira (Foto: China Daily/Reuters)
O projeto será apresentado em uma feira internacional de arquitetura em Veneza, na Itália.

Fonte: G1
- -
Vettel visita circuito de Sochi, na Rússia (Foto: AFP)
Novidade no calendário de 2014 da Fórmula 1, o circuito de Sochi, na Rússia, recebeu nesta semana a primeira visita de um piloto desde que foi inaugurado. 

E o tetracampeão Sebastian Vettel aproveitou para dar uma volta na pista, que será utilizada nos dias 10, 11 e 12 de outubro. Se ajeite na cadeira e vamos dar um rolê em Sochi.

Assista:
- -
Cosmin Moti, herói do Ludogorets da Liga dos Campeões (Foto: EPA)
A equipe do Ludogorets foi quem ficou com a última vaga para a fase de grupos da Champions League, disputada nos playoffs da competição. E a classificação veio de forma sensacional.

O time búlgaro contou com um gol do brasileiro Wanderson já nos acréscimos para bater o Steaua Bucaresti por 1 a 0 e levar o jogo para a prorrogação. O problema é que o goleiro Stoyanov acabou expulso no segundo tempo e o time búlgaro teve que ir com um zagueiro no gol para a disputa de pênaltis.

Resultado? Moti marcou sua cobrança e defendeu duas do adversário, com direito a bola agarrada na última delas, e colocou o Ludogorets pela primeira vez na fase de grupo da competição.

"Aconteceu em poucos segundos, fiquei feliz que deixaram eu virar goleiro. Trabalhamos que nem loucos para isso. Fizemos história", declarou o jogador.

Veja no vídeo abaixo todas as cobranças, incluindo o gol e as defesas do zagueirão. Ele é o de camisa preta, que estava sendo usada por Stoyanov, antes de ser expulso.

Assista:

Por essas e outras que o futebol é apaixonante!
- -
Bafetimbi Gomis: jogo de computador lhe ensinou tudo sobre o Swansea
Contratado recentemente pelo Swansea City, do País de Gales (mas que disputa a Premier League da Inglaterra), o atacante Bafetimbi Gomis disse que usou o popular jogo de computador Football Manager para conhecer seu novo time, já que pouco sabia da equipe alvinegra antes de se transferir do Lyon para a Grã-Bretanha.

"Eu sempre joguei muito FM, e isso me ajudou muito a conhecer mais sobre o Swansea. Antes de eu assinar com o clube, passei um mês jogando com Swansea para me ajudar a conhecer meus novos companheiros, e também entender como eles jogam", revelou, em entrevista ao site oficial da equipe galesa.

"Também pesquisei sobre a história do clube, porque acredito que, quando você vai para um novo time, é vital aprender sobre sua história. Foi muito importante aprender sobre a tradição do Swansea, a rivalidade com o Cardiff City, e muitas outras coisas", completou o jogador, que tem passagens pelas seleções de base e principal da França.

A estratégia, pelo jeito, deu certo. Na última terça-feira, Gomis começou como titular pela primeira vez pelo time alvinegro e já deixou sua marca: fez o único gol da vitória por 1 a 0 sobre o Rotherham United, pela Copa da Liga Inglesa.

Fonte: ESPN 
-
A criatividade dos torcedores é o mais impressionante (Foto: CDN / Roemer Photo)
A NFL é um evento espetacular de futebol americano, sendo um show dentro e fora do gramado. Além das jogadas sensacionais protagonizadas pelos atletas, a torcida faz uma festa sem igual nas arquibancadas, lotando praticamente todos os jogos. 

A revista Forbes fez um levantamento e criou uma lista com as 10 melhores torcidas da NFL. Segundo a publicação, o time que tem os melhores fanáticos é o Greend Bay Packers.

Realizada pela Nielsen Scarborough, a pesquisa levantou que, dos adultos que moram na cidade de Green Bay, apenas 16% não torce para os Packers. Isso significa que, na última temporada, 84% deles acompanharam de alguma maneira os jogos do time.

O ranking da Forbes foi baseado em aspectos como a multidão alcançada na cidade natal de cada equipe, o impacto das mídias sociais e a audiência televisiva de três anos, percentual calculado com a capacidade do estádio. Além disso, as vendas de mercadorias dos times na NFL Shop também foram levadas em consideração.

Então, a lista das melhores torcidas ficou assim:


Você faz parte de alguma delas? Qual seu time na NFL?
- -
Camisas de Everton e Manchester United criadas pelo designer (Foto: Reprodução / Arena Esporte)
A Umbro é uma marca tradicional e bastante conhecida no meio esportivo. Você provavelmente já usou um tênis da marca na sua adolescência, no torneio de futsal interclasses da escola. Porém, dentro dos campos de futebol, ficou cada vez mais raro ver uniformes produzidos pela marca nas principais ligas do mundo.

Aqui no Brasil, a marca está apenas com o Atlético Paranaense e o Vasco entre os grandes clubes. No mundial disputado aqui no Brasil neste ano, a marca não produziu nenhum uniforme das seleções. Na Europa, o clube mais relevante que a Umbro patrocina é o Everton.

O designer italiano Davide Lavane também parece sentir falta dos mantos da Umbro no cenário do futebol mundial e resolveu recriar as camisas de vários clubes da Premier League simulando como seriam os modelos se produzidos pela marca. O resultado é bem interessante.

Confira:

E ai, qual você mais gostou?
- -
Foto: Reprodução / Youtube
Se você entrou nas redes sociais nos últimos dias deve ter visto um bando de vídeos com pessoas jogando água e gelo em si mesmos, não é? Embora pareçam uma simples brincadeira, esses vídeos tem um valor muito maior, fazendo parte de uma campanha mundial no combate da Esclerose Lateral Amiotrófica.

A ELA é uma doença neurodegenerativa progressiva e fatal, que afeta as células dos sistema nervoso e da medula e acarreta em uma paralisia motora irreversível. (1)

O objetivo da campanha Ice bucket challenge é simples: arrecadar doações para alavancar as pesquisas no tratamento da ELA (ALS, em inglês) e para instituições de combate a doença. Campanha essa que chegou a patamares gigantes graças ao ex-jogador de beisebol, Pete Frates.

Pete e a convivência com a ELA

Pete Frates é um ex-jogador de beisebol e portador da doença. Ele jogava pelo Lexington Blue Sox e liderava o time em home runs na League Baseball Intercity. Sua carreira seguia normalmente, até que ele sentiu algo diferente. 

Ele começou a sentir que algo estava errado com o seu corpo. A dor de uma bolada no pulso durante uma partida não passava. Em março de 2012, ele foi diagnosticado com Esclerose Lateral Amiotrófica. Por conta disso, hoje ele não consegue mais andar e se comunica com a ajuda de aparelhos.

Como começou a campanha

Pete Frates foi quem ajudou na divulgação da campanha, mas não foi o criador. A campanha começou por acaso quando o jogador de golfe Chris Kennedy desafiou a prima Jeanette Senerchia, cujo marido teve ELA por 11 anos, a tomar um banho de balde cheio de água com gelo em troca de uma doação. 

O vídeo postado no dia 15 de julho de 2014 em uma rede social chegou até Pete Frates. Ele e outro portador da doença, Pat Quinn, se juntaram e lançaram um desafio: convencer um amigo a doar 100 dólares (cerca de R$ 220) para qualquer instituição de combate a doença ou postar um vídeo nas redes sociais virando um balde de água com gelo sobre a cabeça. A maioria das pessoas fez os dois.

Ganhando proporções mundiais

A campanha ganhou proporções mundiais quando chegou no mundo das celebridades, tendo inicio no esporte. Jogadores da NFL aderiram ao movimento, passando para astros do basquete e do futebol. Mesmo não fazendo doações, o simples fato de postar um vídeo tomando banho de água gelada já ajudou a campanha, uma vez que gera curiosidade em saber qual o sentido do vídeo. Até agora já foram arrecadados mais de 22 milhões de reais.

Ice bucket challenge chegou ao Brasil e, como acontece com a maioria das coisas por aqui, foi rapidamente banalizada. Brasileiros resolveram transformar algo sério em uma brincadeira, apostando pizza e cerveja com os amigos. Cada um faz o que quer, mas se você ver um post desses em sua linha do tempo saiba que por trás o vídeo tem um valor realmente verdadeiro.

Como doar?

Aqui no Brasil, a Associação Pró-Cura da ELA precisa de MUITA ajuda. Entrem nos sites brasileiros: http://procuradaela.org.br/ e http://www.abrela.org.br para saber um pouco mais.

Para fazer doações:

ASSOCIACAO PRO-CURA DA ELA
Banco: 237 - Banco Bradesco - 60746948
Agencia: 2962
Conta Corrente: 2988-2
-